Foto da selfie sendo feita no Lumia 730.

[Review] Lumia 730 é muito mais do que uma câmera para selfies

Por
7/1/15, 9h51 11 min 59 comentários

Ano passado foi um tanto estranho para os aficionados por Windows Phone. Não tivemos nenhum topo de linha genuíno. Em vez disso, a Microsoft focou em dispositivos de entrada para aumentar a presença do sistema: o Lumia mais barato, o Lumia “topo de linha” mais barato e por aí vai. Mas um deles, o Lumia 730, se destacou por não ter como chamariz preço. Em vez disso, ele apresenta uma câmera frontal parruda. É um Lumia feito para selfies.

Sendo um smartphone intermediário, o Lumia 730 se encaixa em um segmento bastante competitivo. É o que mais vende no Brasil segundo o IDC e é, afinal, onde estão os adorados Moto G e Zenfone 5. Será que com uma super câmera frontal e seu corpo na cor laranja berrante, o Lumia 730 pode incomodar a concorrência? É o que descobriremos agora.

Lumia 730: bonito e ergonômico

As costas do Lumia 730 sem a tampa.

Eu nunca tinha mexido por muito tempo em um Lumia colorido, graças à (estranha) política da Nokia em trazer para o Brasil apenas versões em preto e branco dos seus aparelhos. Então quando abri a caixa e me deparei com um Lumia 730 laranja, fui positivamente surpreendido. É um smartphone bonito no primeiro contato e que mesmo depois de muita contemplação e uso continua agradável aos olhos. Infelizmente, essa cor parece ser exclusiva da loja online da Nokia.

Nessa cor o acabamento é do tipo brilhante e atrai muitas impressões digitais. O laranja, felizmente, esconde um pouco essas marcas. O perfil fino do Lumia 730 aliado à forma como a tela salta da tampa (apesar de bem disfarçada, a parte laranja é isso, uma tampa) faz dele um aparelho quase perfeito em termos de usabilidade. Sua tela tem 4,7 polegadas, ou seja, não é enorme, e o peso, de 130 g, criam um equilíbrio muito, muito bom. É um dos smartphones mais confortáveis de segurar que já passaram por aqui.

Os botões estão no lugar certo, as entradas, idem. A tampa esconde a bateria (removível), dois slots para micro SIM1 e um para cartão microSD de até 128 GB, o que é especialmente importante dada a limitada quantidade de 8 GB de memória interna. Tão pouco espaço e a ausência do botão físico dedicado à câmera são decisões incongruentes em um smartphone que se destaca dos demais por trazer uma câmera especial na frente — e atrás também, como veremos a seguir. Mas, ok, relevemos.

Botões laterais do Lumia 730.

Fora a câmera de selfies, o Lumia 730 é um típico smartphone intermediário. Estão lá o batalhador SoC Snapdragon 400 com processador Cortex-A7 de quatro núcleos rodando a 1,2 GHz, a GPU Adreno 305 e 1 GB de RAM. Alguns itens não tão triviais da categoria, como NFC e Bluetooth LE, marcam presença na tabela de configurações e coisas que eu nunca tinha visto, como suporte ao BeiDou, um sistema de navegação por satélite chinês ainda em construção, se faz presente ao lado dos tradicionais GPS e GLONASS. Faz sentido se pensarmos que a China é o mercado mais forte do Windows Phone atualmente.

O desempenho é satisfatório, como é com virtualmente todo Windows Phone. Não espere jogos rodando em qualidade máxima, mas é pouco provável topar com um que não funcione ou que rode muito mal. É como acontece com aparelhos Android da mesma faixa de preço. Apps se comportam bem e a multitarefa é boa, considerando aquelas limitações inerentes da plataforma — leia-se o recorrente “Retomando…” ao alternar entre muitos apps rapidamente.

Detalhe na câmera principal.

Com densidade de 316 PPI, a tela de 4,7 polegadas e resolução de 1280×720 faz um ótimo trabalho à frente do Lumia 730. Apesar de já haver uma movimentação para justificar telas de altíssima resolução em smartphones (pense em 4K), a mim, no momento, qualquer coisa acima de 300 PPI satisfaz. Essa apenas reforçou tal opinião. O contraste é ótimo, os ângulos de visão, idem; não há nada que desabone a qualidade da tela. O painel, aliás, é do tipo OLED, uma tecnologia que combina muito bem com as telas pretas padrões do sistema.

Por tabela, tudo isso implica em menos consumo de bateria. E a que vem no Lumia 730, com capacidade de 2200 mAh, talvez seja a sua maior surpresa. Não tive problemas em atravessar o dia com uma carga; nunca sequer cheguei ao final do dia nas últimas. Com um hardware modesto, porém competente, uma bateria de tamanho médio para os padrões atuais faz um trabalho melhor do que muitas baterias maiores em configurações mais exigentes. Isso diz alguma coisa que, infelizmente, quase todas as fabricantes parece ignorar — o que importa mesmo são números ENORMES, certo?

Duas câmeras muito boas

Close na câmera frontal.

Normalmente passo praticamente batido pela câmera frontal do smartphone, mas desta vez, não. A Microsoft colocou uma de 5 mega pixels com lente grande angular (distância focal de 24 mm) e abertura f/2,4 na frente do Lumia 730. É boa? Perto da média, é estupenda. As selfies saem nítidas e com boa iluminação, e graças à curta distância focal, cabe mais gente no enquadramento.

Um app praticamente obrigatório neste aparelho é o Lumia Selfie, antigo Nokia Glam. Ele é um app de fotos especializado em, adivinhe só, selfies. Após fazer seu autorretrato (era assim que selfie era chamada antigamente), dá para recortá-lo, editá-lo, passar por filtros e compartilhar no Instagram, Facebook e em outros locais. Alguns filtros são bem diferentões, como estes:

Selfies minhas feitas com o Lumia Selfie.
Eu em versões True Detective e SUΛ IИVЄJΛ ŦΛZ Λ MIИHΛ ŦΛMΛ.

Quem prefere abordagens mais tradicionais, claro, também está servido. O Lumia Selfie tem alguns filtros menos, ahn… escandalosos, que apenas dão um trato na qualidade da foto, além de ferramentas curiosas mas que não deixam de ser úteis, como aumentar os olhos e esbranquiçar os dentes.

Abaixo, três selfies feitas quase que simultaneamente: a primeira com a câmera de trás do Lumia 730, outra com a frontal e a terceira com a câmera da frente de um iPhone 5 (ignorem as olheiras, tinha acabado de acordar):

Três selfies com três câmeras diferentes.

A câmera de trás do Lumia 730 (primeira selfie) foi o melhor resultado, obviamente, mas repare como a feita com a câmera frontal do mesmo aparelho (segunda) não ficou muito atrás. Outro detalhe curioso é que ela faz (o Lumia Selfie, na verdade) um espelhamento, deixando a foto exatamente igual ao que se via na tela no momento do disparo. Não sei se isso é bom ou ruim, mas mas o “SkyDrive” da minha camiseta acabou escrito errado.

É uma câmera frontal diferente e quem gosta de tirar fotos de si mesmo vai adorá-la. Até eu, que não tenho o hábito de fazer selfies, curti bastante!

Atrás, temos um sensor de 6,7 mega pixels e com 1/3,4″ polegada de área, acompanhado de um conjunto de lentes Zeiss e um flash de LED ok. Ela é bem boa, com uma abertura grande (f/1,9) e um foco automático esperto na maioria das situações. Gostei especialmente do baixo ruído, da naturalidade das imagens que gera e da facilidade de se fazer fotos bonitas em condições ideais.

A minha única queixa é sobre eventuais estouros em áreas de muito contraste (as claras ficam chapadas) e alguma dificuldade ao lidar com o foco automático em situações de baixa luminosidade. Alguns exemplos, e nesta pasta do Flickr tem essas e mais um punhado em tamanho natural:

Foto do céu com um prédio no horizonte feita com o Lumia 730.
f/1.9, 1/3876s, ISO 100, redimensionada para 730×411. Belo trabalho, celular!
Um violão numa parede verde.
f/1.9, 1/18s, ISO 800, crop de 100%. Pouco ruído em condições adversas.
Um sofá.
f/1.9, 1/199s, ISO 100, redimensionada para 730×411. A lente clara permite brincar com a profundidade de campo.
Bananas na banca da feira.
f/1.9, 1/120s, ISO 125, crop de 100%. Boa definição, cores ok, quase sem ruído.

Onde estão os bons apps do Windows Phone?

Tela inicial do Windows Phone no Lumia 730.

Uma coisa legal do Lumia 730, pelo menos temporariamente, é sair de fábrica com a última versão do sistema, o Windows Phone 8.1 Update — ou, com os extras da Microsoft, a atualização Denim. Ela traz coisas legais, como suporte nativo a pastas na tela inicial, um Internet Explorer mais esperto que se disfarça de Chrome para exibir sites corretamente e o ótimo Lumia Camera acelerado, muito mais rápido para abrir do que em aparelhos antigos com hardware potencialmente superior.

Fora uma coisa ou outra, especialmente o menu de configurações absurdamente lotado e bagunçado, o Windows Phone, considerado por si só, é um sistema competente. Mesmo após anos no mercado suas metáforas e animações continuam agradáveis, e manter essa característica sem mudanças profundas por tanto tempo é algo digno de nota. Os apps assinados pela Microsoft também são, em sua maioria, muito bons. Os problemas começam quando se coloca um pé para fora do cercado microsoftiano.

E não são poucos. A impressão para quem está de fora é que o desenvolvimento de apps para Windows Phone sofre de uma convergência de situações que o empurra para baixo. Faltam usuários, falta interesse dos desenvolvedores em entender e explorar as diretrizes de interface do sistema, falta uma cultura mais efervescente em torno disso tudo. É raríssimo ler uma manchete do tipo “app inédito e incrível é lançado para Windows Phone”. Geralmente, o que vemos é “App tal finalmente chega ao Windows Phone”, e na linha fina reclamações sobre algum recurso ausente ou qualidade inferior.

Há quem diga que o ápice dos apps passou e que caminhamos para novos modelos de interação. Não duvido. Ainda que seja verdade, essa teoria não se aplica porque ninguém compra um smartphone pelo que ele pode ser um dia, mas pelo o que ele faz hoje. E, hoje, o Windows Phone ainda fica devendo na área que mais importa, nos apps. Assim como o Lumia 1020, o gadget mais divertido que testei ano passado, o ponto mais fraco do Lumia 730 é o software.

Vale a pena?

Visão de cima do Lumia 730.

O preço sugerido do Lumia 730, R$ 699, está no mesmo nível dos seus concorrentes diretos, Moto G e Zenfone 5. Apesar das similaridades em hardware, são aparelhos bem diferentes pelo sistema que carregam. Quem opta pelo Android tem um mais familiar e com os apps que importam (e os que não importam também). O apelo é compreensivelmente maior, mas isso não significa que o Lumia 730 deva ser descartado logo de cara.

O smartphone da Microsoft é o mais bonito e ergonômico dos três. A câmera frontal é indiscutivelmente melhor, então quem gosta de tirar selfies e/ou usa apps que fazem uso desse recurso estará melhor servido com ele. A de trás também não deixa a desejar; a do novo Moto G entrega resultados ligeiramente melhores, mas em relação à do Zenfone 5 e seus excessos em pós-processamento, achei a do Lumia 730, com lentes Zeiss, melhor. Há público para esse aparelho, ainda que um reduzido.

Não é uma disputa fácil, essa da Microsoft, mas ela colocou o melhor que podia nesse intermediário. Apenas se o Windows Phone fosse mais maduro, mais querido… Veja, por exemplo, o caso do Snapchat: este app foi o que me levou a usar de fato a câmera frontal do celular e deve ser o caso de muito mais gente. Ele simplesmente não existe no Windows Phone e todos os “clones”, incluindo o ótimo 6snap, foram removidos da loja pouco antes do Natal. A falta de apps e de apps decentes é um problema real e talvez a única ponderação que eu faço a quem estiver interessado no Lumia 730. Fora isso, é um smartphone sensacional.

  1. O Lumia 735 troca o suporte a dois SIM cards por apenas um com acesso ao 4G e pode receber uma capinha que habilita o carregamento da bateria por indução (sem fios). Ele está à venda no Brasil com o preço sugerido de R$ 899.
Compre o Lumia 730 pelos links do Manual do Usuário.

Compre o Lumia 730

Comprando pelos links acima o preço não muda e o Manual do Usuário ganha uma pequena comissão sobre a venda para continuar funcionando. Obrigado!

  • Acho este design de celular colorido QUADRADO com preto no interior e bordas arredondadas bizarro. Para além disto, o sistema Windows Phone me parece um jogo de Tetris, esses blocos poluídos, não consigo entender nada, me vejo completamente perdido com este sistema… mas, respeito quem curte numa boa.

    • Talvez as fotos não façam justiça à realidade, mas ele é muito bonito.

    • Luis Henrique

      Ué, a tela vai do gosto do cliente. Pode até tirar todos os tiles e ficar só na lista de aplicativos.

    • David Matheus Santos Sousa

      Quando você arruma os blocos à sua maneira, pra quem nunca viu o seu celular ela parece uma bagunça, mas quando você se acostuma parece muito natural e a lista de apps organizada por grupos de letras é a melhor coisa que existe.

      E acho lindo o design quadrado dos Lumias, pena que isso faz eles se tornarem um pouco mais frágeis nos cantos.

    • Compreendo que existe meios de customizar, mas sinceramente acho bem estranho. Repito que respeito os que gostam :-) opções diversas servem para isto.

    • Eliézer José Lonczynski

      Ele tem apenas duas partes, todos apps e apps fixados na tela inicial. Parei de mexer no android há 3 anos e hoje me sinto completamente perdido lá. Questão de estética vai muito do gosto pessoal.

  • Rafael Machado de Souza

    por 600 reais no boleto no Shoptime….
    estava indicando ele para minha namorada. como está o Whatsapp no WinPhone? (ela só usa isso praticamente…)

    • Vez ou outra atrasa alguma notificação, mas quando acontece (raramente) o intervalo é curto. No geral está bem bom, no mesmo nível das outras plataformas — tem até o duplo tique azul.

      • Ivan

        Está bom. Uma ou outra função mais aprofundada das outras plataformas não tem no WP. Mas funciona bem. E atraso das notificações tenho visto acontecer muito também em android, o que acredito ser até um pouco falha no sistema do app.
        Ah. Tem duplo tique azul. Mas ainda não tem a função de desabilitá-lo como no robô verde :)

    • David Matheus Santos Sousa

      Além de tudo que o Ghedin falou, ainda dá pra colocar um plano de fundo pra cada contato no WhatsApp.
      (Deixar o tradicional preto economiza energia)

  • Gaio Cruz

    Uso o Lumia 720 com WP 8.1 e o OS está muito bacana. Não uso Snapchat por isso não senti a exclusão dos clones. Todos os outros apps que uso estão num nível bem bom: Foursquare, Swarm, Instagram (6tag é o melhor cliente que existe de todas as plataformas), Facebook, Messenger, Whatsapp, etc…

  • Denis Padua

    A pergunta que não quer calar, é compatível com pau de selfie™? HHAHAHAHAHAH
    O aparelho é um dos mais bonito da linha Lumia, o problema é a falta do snapchat, o que eu mais vejo são pessoas tirando selfies e mandando snap™

    • Luis Henrique

      Nos dois últimos shows que fui o que mais vi foi pessoal tirando selfies e videoselfies para mandar via snap.

    • Não é compatível!

      • Marcos Tony Lehmann

        Como é esse negócio do pau? Não é só encaixar? Não tem uma braçadeira com regulagem?

        • Sim, tem uma braçadeira que você encaixa puxando e colocando o celular. A incompatibilidade a que me refiro é do disparador remoto via Bluetooth. Escrevi sobre isso aqui: https://www.manualdousuario.net/pau-de-selfie/

          • Marcos Tony Lehmann

            Obrigado. Não tinha lido essa outra matéria e tb, obrigado por ela. Rodrigo, se possível (e vc achar que deve), analise o Positivo S480. Não tenho nem testei, apenas vi reviews por aí e chegaram até a elogiar o produto, que seria o melhor construído pela fabricante. Sabendo que vc é mais exigente, queria saber sua opinião sobre ele, pois está numa faixa de preço interessante (vi no Shoptime por 387).

          • Não tenho o contato da assessoria da Positivo, mas tentarei, Marcos!

          • Marcos Tony Lehmann

            Obrigado. Achei isso no site deles:

            Assessoria de Imprensa – Central Press
            (41) 3026-2610

    • Fernando Camilo

      Exatamente como o Ghedin citou aí, não é compatível…
      mas para amenizar a situação é só usar o temporizador :D

  • David Matheus Santos Sousa

    Eu tenho um e a parte que mais me decepcionou nesse telefone foi a câmera frontal em pouca luz.

    Ela é muito fraca em ambientes de pouca luz numa chamada do Skype com pouca luz a imagem parece quem tem pouca saturação, quase pendendo pro preto e branco.

    Mas desempenho, autonomia é tudo ok.

  • Eliézer José Lonczynski

    Parabéns pelo review honesto. Acredito que a realidade dos apps irá mudar neste ano.

    • Fernando Camilo

      Também acredito :D

  • Ivan

    O aparelho realmente é bem bonito e acredito possuir um conjunto além de semelhante, suficiente para bater de frente com o (adorado) Moto G. Vejo como um dos principais concorrentes do Motorola.
    Continuando um pouco a discussão do (excelente) último post sobre o WP, o sistema está bem mais amadurecido depois do 8.1. O problema é que as pessoas querem hoje o smartphone que tenha todos os aplicativos perfeitos e o WP como terceira plataforma ainda não possui isso de forma plena.
    Para um aparelho intitulado como selfie phone, não ter alguns dos principais como o snapchat (e outros) complica bastante a utilização, pois quem quer usar bastão de selfie é exatamente este público que procura este tipo de aplicativos. Diante disso, por mais que a câmera seja excelente e a construção do aparelho muito boa (padrão nokia), o moto g ainda vai sair na frente pelo conjunto mais completo que inclui os apps mais desejados.
    É uma pena a situação em que o sistema se encontra, infelizmente. Embora, para mim, não faça a mínima diferença. Do que eu preciso, o Lumia tem me atendido bem.
    (sim. não possuo – e acredito não precisar de – um bastão de selfie)…

  • David Matheus Santos Sousa

    Ghedin você fez o review quando? Agora o Lumia Selfie tem a opção de ‘desinverter’ a foto antes dos filtros antirrecalque.

    • Olha aí, bela dica! Só não sei por que a Microsoft não deixa o jeito certo como padrão…

  • Gostei do review, e pelo que vejo, não tem nenhum app no Windows Phone que me faça falta. O Snap posso usar no tablet, então fica tudo OK.
    Eu vou em breve abandonar meu velho Nokia 5233, e procuro por um smart barato, bom e PRINCIPALMENTE durável. Gostaria de saber se o 730 passa essa impressão. Fico temeroso quanto a telas OLED, que dizem queimar os pixels com imagens estáticas com passar do tempo, e esse aparelho, como quase todos os Lumias que tem saído, tem botões virtuais, que ficam sempre lá, acesos. O que você acha disso? Parece-me que o 630 é IPS, mas já não tem uma câmera traseira tão boa(não me importo com a frontal).

    Teria que ser um smart bem durável mesmo :/

    • O Lumia 730 é mais negócio que o 630. “Durável” em smartphones não é a mesma coisa que notebook; se um aguentar bem dois anos, sem defeitos ou lentidões, considere-se sortudo (e um bom cuidador de celulares!).

      • Se depender de mim, com certeza dura. O 5233 só caiu umas três vezes em seus praticamente três anos (comprei em janeiro de 2011), está intacto e com o plástico que vem na tela, hahahah. Eu confio na Nokia, espero que ela não me decepcione em breve. Lá pra julho ele deve estar mais barato ainda.
        Obrigado pelas informações.

        • Saulo Benigno

          Nokia? Esses telefones não são mais da Nokia, agora é tudo Microsoft. A Nokia mobile, aparelhos, telefones, morreu ano passado.

          É tudo Microsoft e Windows. Nem mais “Windows Phone”

          • O 730 ainda tem o nome Nokia estampado. De qualquer forma, o know-how foi absorvido pela Mcrosoft, então praticamente dá no mesmo.

  • Luis Henrique

    Eu sinceramente fico feliz ao abrir os posts do Manual do Usuário e observar que a discussão nos comentários sempre é produtiva, sem trolls com xingamentos gratuitos nem piadinhas de mal gosto. :)

    • Fernando Camilo

      Também fico…
      Outro dia, acessei o Giz e fui nos comentários………………deprimente.

    • publico selecionado rapaz…gizmodo só tem pivete de 15 anos.

    • publico selecionado rapaz…gizmodo só tem pivete de 15 anos.

  • Descobri seus reviews a pouco tempo e já são meus preferidos. Reviews honestos e muito bem feitos. Recomendo a todos.

    • Que comentário legal, Gabriel! Fico feliz que esteja curtindo o meu trabalho. Muito obrigado :-)

      • Douglas Guerreiro

        Concordo com Gabriel.
        Mas mudando de assunto
        Tenho um 630 adoro esse aparelho
        Já passei por moto x, moto g, 625, 620, 720, entre outros que se dizem melhores
        Mas realmente esse me completou
        Apenas sinto falta do flash

        Ja o moto x me desfiz apenas por não conseguir um nano chip TIM BETA… Mas no cenariio atual sendo cliente pre 4G eh caro e TV digital (gratis) então fico no 3G 30kps e TV

  • O Walmart e a SamStore também vendem ele na cor laranja.

  • Guest

    O sistema WP ainda não tem snapchat??

  • Kalynne

    estou super gostando dele, porém na hora de tirar fotos no lumia camera, a minha tela fica carregando,… porém fica escura depois, Ñ estou satisfeita quanto a camera quew tá dando esse problema. Será que alguém poderia me ajudar? Será algum tipo de configuração na camera q eu n estou dando conta de arrumar???!! ACEITO AJUDA!!!

    • Erick Nascimento Doze

      Tenta desinstalar e instalar novamente.

  • Lucas Araujo

    po eu comprei esse lumia, mas tem algumas foto que fica com muito ruido, como faço para não ter esse ruido na imagem ?
    essa foto onde estou só sozinho foi a câmera traseira, a que a menina bateu a foto foi a frontal.
    as duas foto saiu com muito ruido, como faço para não ter ruido nas próximas fotos?

    • As fotos estão bem estranhas, mesmo para o Lumia 730. Não dá para dizer nada porque o Disqus as redimensionou. Coloque as originais no Flickr ou em algum lugar que preserve o original.

      • Isis Regina Kich

        Ola tudo bem com vcs!!!
        Bom to com o mesmo problema a fotos brancas embasadas..horríveis ..não sei mais o que fazer tava atras deste lumia faz tempo e agora esta assim…Muito triste ME DA UM HELP

      • Isis Regina Kich

        Ola tudo bem com vcs!!!
        Bom to com o mesmo problema a fotos brancas embasadas..horríveis ..não sei mais o que fazer tava atras deste lumia faz tempo e agora esta assim…Muito triste ME DA UM HELP

  • Thiago Eterno

    5 anos usando osx e 2 e meio usando ios, dei uma chance para o beta do windows 10 e aqui estou eu comprando esse celular para usar o windows em um smartphone tive contato com um lumia e isso me despertou a curiosidade para quem interessar esta 550 com frete no shoptime, otimo review eu estava com duvida sobre a câmera valeu mesmo.

  • C.J

    Fanboy do Lumia se apresentando. Lumia 730 my next smartphone. E haja manual do usuário para lidar como profissional com os apps da câmera e vídeo.

  • Esperança Paes

    Comprei o Lumia 730 agorinha, fui usar a câmera frontal e as fotos saem com uma coloração meio “laranja”.O que será isso?

  • Gustavo Alvarenga

    Pode ser uma questão de gosto, mas prefiro a câmera Nokia do 730 do que a do Moto G, apesar de ter 6.7 megapixels, se for um bom conhecedor de câmera e fotografia saberá que a diferença entre 7.8 arredondado pra 8 e 6.7 é pouca se não quiser fazer foto de outdoor, e que outras coisas influem como a qualidade e o tamanho da lente assim como a do sensor, sei que falta a tecnologia HDR, porém é compensada pela qualidade zeis da lente e a diferente abertura da lente pra capturar meia luz. Pode se ver no exemplo de comparação entre o G4 da LG e o MotoMaxx o primeiro com menos megapixels 16 e o segundo com 21, porém é indiscutivel a melhor qualidade da câmera do G4.

  • Gustavo Alvarenga

    Pode ser uma questão de gosto, mas prefiro a câmera Nokia do 730 do que a do Moto G, apesar de ter 6.7 megapixels, se for um bom conhecedor de câmera e fotografia saberá que a diferença entre 7.8 arredondado pra 8 e 6.7 é pouca se não quiser fazer foto de outdoor, e que outras coisas influem como a qualidade e o tamanho da lente assim como a do sensor, sei que falta a tecnologia HDR, porém é compensada pela qualidade zeis da lente e a diferente abertura da lente pra capturar meia luz. Pode se ver no exemplo de comparação entre o G4 da LG e o MotoMaxx o primeiro com menos megapixels 16 e o segundo com 21, porém é indiscutivel a melhor qualidade da câmera do G4.

  • ricardo

    Finalmente um review mais maduro e sincero, do que uns aí que simplesmente falam que windows phone é péssimo.