Sob nova direção

Por
15/3/17, 17h44 3 min Comente

Ninguém é insubstituível, mas algumas pessoas são mais difíceis de substituir do que outras. Rodrigo Ghedin é uma delas. Não à toa conquistou tantos leitores. Em grande parte, o Manual do Usuário é o Rodrigo Ghedin. Grande parte do que ele é e acredita enquanto jornalista está refletido nessas páginas da web. A boa notícia é que grande parte do que eu acredito ser a função do jornalismo também está no Manual do Usuário.


Somos pessoas bem diferentes, mas que temos várias coisas em comum e visões bem parecidas do que um blog de tecnologia em ritmo slow web deve ser. Por isso, posso dizer que em sua essência, o Manual do Usuário seguirá o mesmo. Porém, o blog vai passar por um período de adaptação ao meu estilo de trabalho.

Entrei no jornalismo de tecnologia por acreditar que a especialidade faz qualquer jornalista melhor. Não queria ser generalista. Desde então, passei por algumas das maiores redações digitais do país — Terra, MSN, iG. Como todo jornalista, eu acredito na importância de informar o leitor, mas também acho que, ainda hoje, os grandes veículos, especialmente os que já nasceram digitais — e mesmo alguns especializados –, pecam em entregar uma informação de qualidade. E isso em nada colabora com a formação do leitor.

Nesses quase dez anos dedicados ao jornalismo de tecnologia, consegui fazer muita coisa legal por onde passei, mas eu queria mais. E quando me vi sem outra saída que não abandonar o iG por divergências com a diretoria da época, o Manual do Usuário apareceu como o melhor bote de salvação que eu poderia querer. Não apenas para continuar no jornalismo de tecnologia, mas para fazer o jornalismo no qual acredito. Escrever para um blog honrado, porém, pequeno, e que por isso não pode arcar com a exclusividade de todos os envolvidos, é difícil, mas eu venho tentando e, com a ajuda do Ghedin, conseguindo alguns feitos.

Eu e Ghedin somos de escolas diferentes de jornalismo, então esperem mais preocupação com redes sociais, SEO e BI do meu lado. Quero saber o que você, leitor, quer ver aqui. É claro que vamos continuar produzindo conteúdos que acreditamos ser importantes para o debate, mas a ideia é se aproximar cada vez mais dessa comunidade que formamos. Se tudo der certo, esperem mais reportagens investigativas e atualizações mais frequentes. Algumas matérias explicativas e de contexto também devem surgir, para honrar esse nome de Manual do Usuário que carregamos. Podcasts, post livre, promoções, mochilas e mesas continuam; vídeos vamos tentar.

Por fim, o que o jornalismo de tecnologia brasileiro mais precisa hoje é de credibilidade, mostrar que é mais do que reprodução de notícias de sites gringos, de reportagens que façam a diferença e de leitores qualificados como vocês. Estamos no caminho.

Sugestões e reclamações são sempre bem-vindas.

E vida longa ao Manual do Usuário.

Essa foto é de um evento no iFly, em São Paulo, esse troço louco de voar num túnel de vento por um minuto. Para me seguir em qualquer rede: @cantonunes. Para falar comigo [email protected]