Recorte de 27/05/2014

Por
27/5/14, 8h00 4 min 1 comentário

Xperia Z2 anunciado no Brasil.
Foto: Sony.

A seção Recorte traz posts diários, nas manhãs de terça a sábado, com um resumo das notícias mais importantes e curiosidades que valem a pena no mundo da tecnologia.

Xperia Z2 no Brasil. Ontem a Sony anunciou data de lançamento e preço do Xperia Z2, a promissora versão melhorada do simpático Xperia Z1. Nada simpático, porém, é o preço: R$ 2.499. Pelo menos vem com a SmartBand de brinde, um produto que, sozinho, custará R$ 399. De diferença em relação a seu antecessor, o Xperia Z1 tem tela maior com painel IPS, 3 GB de RAM, Snapdragon 801, bateria de maior capacidade e câmera capaz de filmar em 4K. Nas lojas no final de junho, começo de julho.

Os melhores antivírus. O Paulo compilou de forma bem direta e fácil de entender os resultados de dois testes recentes e independentes de antivírus para Windows. No da AV-Comparatives, o Panda Cloud Free Antivirus foi o campeão de eficiência. Já no da AV-Test, que dá a desempenho e usabilidade o mesmo peso da proteção, o Kaspersky Internet Security ganho nota máxima. Existe um grupo de cerca de meia dúzia de antivírus que se sai bem em ambos; é nesse que os interessados em maior proteção devem gastar seu dinheirinho — ou não, caso do Avira.

E-mail à prova da NSA. Preocupado com a privacidade na comunicação online, Andy Yen chamou uns chapas do CERN e, no restaurante preferido da firma, fundaram o ProtonMail, um sistema de e-mail criptografado de ponta a ponta, que garante sigilo total na troca de mensagens. Eles parecem ter feito tudo direitinho: a criptografia é total, os servidores estão localizados na Suíça, não aceitam investimentos e recebem pagamentos via meios normais, Bitcoins e até em dinheiro vivo, tudo pela privacidade. Segundo Yen, “uma das nossas motivações foram os direitos humanos. Ter privacidade é muito importante do ponto de vista da liberdade de expressão.

O modelo de negócios é parecido com o do Dropbox, ou seja, paga-se para se ter mais espaço, e a equipe, formada por cientistas do CERN e do MIT que trabalham no projeto nas horas vagas, espera ter muitos clientes de locais complicados, como China, Rússia, Síria e Irã. O sucesso tem sido tanto que a criação de novas contas foi suspensa até que novos servidores sejam providenciados.

A era dos smartphones bons o bastante. O mercado norte-americano sempre trabalhou com subsídios, o que explica a enorme adoção de iPhone e Galaxy S por lá. Neste texto, Danny Crichton expõe esse cenário e aponta para possíveis mudanças: com a T-Mobile entrando com planos agressivos, smartphones intermediários passam a fazer sentido economicamente. Ninguém sabe se a relação entre americanos e smartphones caros mudará, mas se sim, isso deve reverberar no mundo inteiro.

O link acima saiu na última edição da newsletter, sábado passado. Se você ainda não assina, considere: ela é gratuita e garante um e-mail semanal recheado de links legais, não só sobre tecnologia.

Fotos no lugar de memórias. Este texto da NPR fala de pesquisas relacionadas à fotografia digital que tiveram conclusões similares: tirar um zilhão de fotos afeta a memória do evento retratado: “aqueles pais no parque tirando todas aquelas fotos estão, na realidade, prestando menos atenção ao momento porque estão focados no ato de tirar fotos”.


O Recorte voltou para mais uma semana de notícias curtas e diretas. Amanhã tem mais!

  • Décio Pinto

    R$2.499 em um Xperia Z2 é caro. Mas se comparar o custo benefício com os Iphones ele é um ótimo negócio!!