Imagem de erro usada pelo Dropbox em seu site.

Até logo, Dropbox

Por
15/9/16, 10h28 5 min 92 comentários

Eu não acredito que os fins justificam os meios. Quase nunca é o caso e, com frequência, isso serve de desculpa para o cometimento de grandes barbaridades. Não chega a tanto, mas guardadas as devidas proporções, o Dropbox abusou da confiança dos usuários que trabalham com macOS por um deslize quase bobo.

O Dropbox tem uma missão ingrata. É o único serviço independente de um mercado dominado por grandes players que controlam sistemas operacionais. Quando tentou comprar o Dropbox, Steve Jobs disse que ele era uma “recurso”, não um produto. Provar errado o cofundador da Apple não é tarefa fácil, mas liderado pelo fundador Drew Houston, o Dropbox vem conseguindo isso com um produto redondo, algumas boas ideias e a agilidade necessária para avançar — e retroceder, no caso de ações que se revelam não tão críticas à missão principal.

O iCloud é nativo no macOS e no iOS, o OneDrive é nativo no Windows e o Google Drive, no Android e no Chrome OS. Essa vantagem dos grandes players, de desenvolverem os sistemas onde suas ofertas de armazenamento de arquivos na nuvem rodam, é grande. Para piorar (para o Dropbox), sistemas modernos têm limitado o comportamento de apps de terceiros a fim de garantir a segurança do ambiente. Perde-se uma ou outra função dependente de certos privilégios em troca de menos riscos. Uma troca válida. Mas como se manter competitivo contra quem tem acesso direto aos sistemas onde o seu produto roda e, ao mesmo tempo, esses se tornam mais fechados ao de terceiros?

Eu não sei, mas esperava do Dropbox soluções engenhosas, inteligentes. Não precisava nem ser a melhor; bastava que funcionasse minimamente bem. Em vez disso, o Dropbox abalou a minha confiança.

No macOS, o app do Dropbox pede a senha do sistema com um texto vago e impreciso a fim de infiltrar-se como app com privilégios de acessibilidade. Esses privilégios permitem que apps controlem a interface — cliquem em botões, acessem menus, “usem” o computador —, um recurso poderoso para um fim nobre. O Dropbox alega que isso é necessário para a integração com o Office da Microsoft e alguns recursos de janela do sistema.

Ainda que a justificativa seja válida, em momento algum o app me informa sobre esse privilégio que ele se garante. Pior: eu não consigo removê-lo dali. Ao fazer isso, o Dropbox sempre volta, automaticamente. E piora mais: ele consegue isso porque, de alguma forma, mantém ou o privilégio de root (o que o torna capaz de fazer qualquer coisa no sistema, inclusive destrui-lo) ou a senha do sistema salva.

Tudo isso é muito grave e implica em riscos sérios à segurança. Se o sistema limita o acesso aos privilégios de acessibilidade e faz com que a cessão deles a um app seja obrigatoriamente explícita, é por um bom motivo. Se o Dropbox obtém esse privilégio sem informar o usuário e dificulta ativamente a perda dele, é, no mínimo, suspeito. Nem se o Dropbox tivesse o melhor dos motivos a situação seria menos pior porque, para esse fim, ele engana o usuário numa mistura de engenharia social com hacks no macOS para garantir privilégios que não são imprescindíveis às suas funções básicas. Por que eu deveria confiar em um app que me engana a troco de quase nada?

Caso queira entender em detalhes a parte técnica desse truque controverso, leia estes dois posts. Neste outro, do TechCrunch, o Dropbox se defende de forma um tanto vaga (ruim) e promete mais transparência na forma como seu app se comporta no macOS (bom, mas talvez tarde demais). Caso queira desinstalar o Dropbox do macOS, siga estes passos.

Mesmo sendo uma empresa avaliada em US$ 10 bilhões, o Dropbox quase some em tamanho e poder perto daquelas com quem concorre diretamente. Temos a tendência de torcer pelo mais fraco e isso fica ainda mais fácil quando ele é o melhor. Mas há um limite para a boa vontade e fica difícil manter-se dentro dele em casos assim. Já relevamos denúncias de bisbilhotagem de arquivos protegidos por direitos autorais, falhas de segurança em arquivos compartilhados, um vazamento massivo de senhas. Estava com um pé atrás com a história de exigir acesso ao kernel, o “coração” do sistema, para viabilizar o Project Infinite, recurso que regula automaticamente o espaço consumido por arquivos sincronizados. E, agora, isso.

Por ora, até que o Dropbox se explique melhor e mostre mudanças, manterei ele longe dos meus dispositivos. Já subia minhas fotos para o iCloud e com a integração entre Mesa e Documentos no iOS 10 e macOS Sierra, a solução da Apple parece-me a melhor alternativa — e, de qualquer forma, são poucos os arquivos salvos na nuvem a que recorro com frequência.

Espero, de verdade, que essa repercussão negativa faça os executivos do Dropbox refletirem e adotarem uma postura mais transparente no futuro. Porque o fim, definitivamente, não justifica os meios.

  • E eu apenas querendo um Dropbox Pro (em breve <3)

  • Cab

    Windows tão casa da mãe joana que provavelmente eles nem precisaram fazer isso. Continuarei usando. ^_^

    • Chicão ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Oi?

    • Kreeztiano

      “Não li a matéria mas tenho convicções”. Cab

      • Cab

        Eu li, mas provavelmente posso ter entendido errado. Ghedin não diz que vai parar de usar o Dropbox porque ele feriu os sentimentos dele ao esconder a real intenção de pedir a senha do sistema pra ter acesso a raiz?

        • Diogo Nóbrega

          A questão é: se o Dropbox faz isso por debaixo dos panos, o que mais eles estão fazendo com os nossos arquivos/sistema sem a gente saber?

        • Diogo Nóbrega

          A questão é: se o Dropbox faz isso por debaixo dos panos, o que mais eles estão fazendo com os nossos arquivos/sistema sem a gente saber?

          • Cab

            Hmmm, entendi. É, faz sentido ter certo receio a respeito disso mesmo. Talvez sofra do mesmo problema de “vestir a camisa” de uma empresa e posso tá sendo ingênuo, mas continuarei usando pois ele é o melhor no serviço e acredito que os meios justifiquem o fim (e também não tenho nada de tão comprometedor nele).

            Valeu pelos esclarecimentos. =)

    • tuneman

      sim, se uma empresa como do Dropbox faz isso imagine o resto que tem por ai.
      (alias, já sabemos um pouco como Facebook e Microsoft já jogaram sujo)

    • tuneman

      sim, se uma empresa como do Dropbox faz isso imagine o resto que tem por ai.
      (alias, já sabemos um pouco como Facebook e Microsoft já jogaram sujo)

    • SÉRIO que um cara achou que o Dropbox quer ~roubar informações dele~ ou sei lá o que com “permissão de acessibilidade”??!? O Clean Master (app de android) pede o mesmo e libero sempre, sei que precisa pra fazer algumas funções ~automatizadas~. E o cara vem fazer textão desse tipo de coisa?! Francamente.

      edit: kkkk parabéns pelo “lulz” gerado! hahaha

    • SÉRIO que um cara achou que o Dropbox quer ~roubar informações dele~ ou sei lá o que com “permissão de acessibilidade”??!? O Clean Master (app de android) pede o mesmo e libero sempre, sei que precisa pra fazer algumas funções ~automatizadas~. E o cara vem fazer textão desse tipo de coisa?! Francamente.

      edit: kkkk parabéns pelo “lulz” gerado! hahaha

      • Eu gostaria, se possível, que você apontasse a parte do texto onde acuso o Dropbox de querer “roubar” minhas informações.

        • QUAL seu medo então com o Dropbox? Por que usa a justificativa do excesso de permissões?

          Como eu disse, esse tipo de permissão é relativamente comum.. Eles ainda justificam que as permissões são “necessária para a integração com o Office da Microsoft e alguns recursos de janela do sistema”.

          Por que simplesmente não nega a permissão e não coloca a senha? E se não funcionar, pronto, não usa. Mas fazer “textão”…

          • O texto inteiro é para explicar exatamente isso, mas, de novo: meu desconforto se dá pelo fato do Dropbox burlar mecanismos de segurança do sistema sem me avisar. Eu não quero que software algum, pelo motivo que for, haja dessa forma no meu sistema. Se eles se sentem no direito de fazer isso, quem garante que não fazem/farão coisa pior?

            Eu negaria a permissão, se isso me fosse apresentado da forma correto. O texto da caixa de diálogo é enganoso, mais um motivo para não confiar.

            E, vamos combinar: “textão”? Tem 700 palavras, você lê isso, com calma, em menos de três minutos. Sem contar que isto aqui é um blog. Se não postar texto, postarei o quê?

          • olha, eu nem ia responder. discussão inútil. tanto eu, como você estamos errados nessa. eu nem devia ter comentado e pra mim fazer esse tipo de texto “denegrindo” um aplicativo, que não tá tentando fazer nada de demais, além de ter um bom funcionamento (automatizando pro usuário), também é vacilo.

            eu não disse textão pelo tamanho dele, disse exatamente por fazer POST pra isso. precisa ver como estão ~fazendo terror~ divulgando esse texto (e com razão, pelo teor do texto). talvez fosse isso mesmo que você queria/esperava. mas enfim, completamente desnecessário.

            segue seu caminho. boa sorte.

          • Não só precisava fazer, mas vejo isso como parte do meu dever com o Manual do Usuário. Você está minimizando uma atitude no mínimo irresponsável do Dropbox. De gente passando a mão na cabeça de empresa (olha a maluquice dessa ideia) o mundo está cheio; o que falta, especialmente da imprensa, é a crítica. Empresa X errou, e ainda deliberadamente? Que se exponha, que se cobre, para que, no futuro, nem ela nem qualquer outra se sinta confortável em “errar” novamente.

            Pode parecer um caso pequeno, uma bobagem, mas é assim, de pouco em pouco, que o mercado muda a percepção e a expectativa das pessoas. Eu não quero me sujeitar a empresa alguma me enganando em meu próprio computador. Escrevi textão (que seja) e continuarei escrevendo enquanto esse tipo de coisa acontecer.

          • DN

            kkkkkkk

  • Chicão ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

    Falei há tempos para correrem pra longe do dropbox, assim como falo pra correrem do lastpass.

    • Igor Rodrigues

      qual o problema do Lastpass?

      • Diogo Nóbrega

        Deve ser por conta do vazamento de senhas que houve dia desses.

      • Diogo Nóbrega

        Deve ser por conta do vazamento de senhas que houve dia desses.

        • Barboza

          E sei lá, penso que senhas(ou chaveiro ;D) deve estar apenas no seu computador.

    • ochateador

      Sem causar flamewar.
      Mas por qual(ou quais) motivo(s) você recomenda correr para longe desses 2 serviços ?

  • Rojedo

    Ghedin, existe algum meio de transferir meus arquivos do Dropbox pro Google Drive, por exemplo?

    • leandrojmp

      dá pra usar o http://mover.io (pago, 1 dólar por GB com mínimo de 20GB) ou criar uma receita no IFTTT pra copiar arquivos do dropbox pro google drive, tem umas prontas já por lá.

    • Chicão ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

      Existe uma ferramenta que faz isso entre quaisquer nuvem

    • Diogo Nóbrega

      Acho que só manualmente, mesmo (se for de graça). Mas já estou prevendo um post do Ghedin com algumas maneiras de se transferir os arquivos entre os serviços de nuvem, dependendo da repercussão dessa matéria ?

  • thiagones80

    Tbm sou bem chato com app´s fazendo muito mais do que precisam e não explicando bem o que e como vão fazer. Eu não sei se, caso fosse assinante, deixaria de usar… mas iria reclamar bastante com os meios de contato possíveis.

    Assino um plano do Google Drive (pela conveniência de plataforma), mas o Dropbox sempre foi o serviço de referência pra mim.

  • Diogo Nóbrega

    Utilizava bastante o Dropbox, inclusive pra fazer o upload de fotos do meu celular (gostava bastante do Carousel), mas parei de usar a algum tempo. Isso foi quando eles resolveram misturar o upload das fotos com todos os tipos de imagem numa pasta só (entrando fotos do Whatsapp, screenshots, imagens salvas, etc.), virou uma bagunça só. Hoje em dia uso o Google Drive pra fotos/trabalhos acadêmicos e OneDrive pra backup e arquivos no geral.

  • Glauber Silva

    Eu uso Linux, xUbuntu pra ser mais exato, e o único que funciona sem precisar fazer firulas é o Dropbox. OneDrive e Google Drive até dá pra fazer funcionar, mas com algumas gambiarras. Nem o Ubuntu One, quando existia, funcionava tão bem quanto ele.

  • Glauber Silva

    Eu uso Linux, xUbuntu pra ser mais exato, e o único que funciona sem precisar fazer firulas é o Dropbox. OneDrive e Google Drive até dá pra fazer funcionar, mas com algumas gambiarras. Nem o Ubuntu One, quando existia, funcionava tão bem quanto ele.

    • Jose X.

      existem outros serviços que funcionam bem, como disse em outro comentário, como o Spider Oak e o Tresorit…além disso, quem usa o Gnome (o/) tem acesso ao GDrivr integrado no Nautilus…não é aquela brastemp, mas quebra o galho

  • Maicon Bruisma

    Agora imaginem alguém invadir os servidores do Dropbox, e assim ter acesso à tudo isso. Isso se já não está acontecendo. 0% de segurança, fora que parece um vírus que se tenta excluir e nunca some.

  • Maicon Bruisma

    Agora imaginem alguém invadir os servidores do Dropbox, e assim ter acesso à tudo isso. Isso se já não está acontecendo. 0% de segurança, fora que parece um vírus que se tenta excluir e nunca some.

  • Renan Birck Pinheiro

    Infelizmente o Dropbox é o único que funciona direito e tem cliente *nativo* no Linux.

    Google Drive? Só com o Insync, que é pago e meio bugado.

    OneDrive? Só com cliente não-oficial, etc…

    • bruno miranda

      Já testou a a opção nativa do Gnome pra Google Drive?
      Nem faz isso é uma grande porcaria…

    • bruno miranda

      Já testou a a opção nativa do Gnome pra Google Drive?
      Nem faz isso é uma grande porcaria…

      • Renan Birck Pinheiro

        Não uso GNOME (uso MATE) então essa opção não me é relevante.

        • Barboza

          E o problema de instalar as coisas da GNOME é aquela enxurrada de dependência e o visual de janelas nada agrádevel.

          • Jose X.

            como assim, “enxurrada de dependências” ? uso GNOME e não vejo nada disso

          • Barboza

            Exato, pois você já usa GNOME, quem não usa e precisa de alguma dependência dele, vai encontrar uma grande problema que são as depedêndencias que o softwares da GNOME pedem. E outra para usar o Google Drive que a GNOME implementa, você precisa instalar o esquema de contas dele e o nautilus que por si só já é gigante e vem com um monte de coisas.

          • Jose X.

            o Nautilus faz parte do GNOME, portanto ele precisa precisa de muitas dependências do GNOME…

            assim como o Dolphin (gerenciador de arquivos do KDE) precisa de toneladas de dependências do KDE…

            assim como o Nemo (fork do Nautilus, gerenciador de arquivos do Cinnamon Mint) precisa de muitas dependências do Cinnamon…

            e assim como o Thunar (gerenciador de arquivos do XFCE) precisa de muitas dependências do XFCE

            qual o problema disso ? nenhum, já que as dependências são resolvidas automaticamente pelo gerenciador de pacotes…

            francamente, um non issue

          • Barboza

            Pra mim é um problema. PCManFM precisa de poucas dependências e o visual se integra bem, já os da GNOME não, vem carregado, suja o PATH, o $HOME. Fora que o visual do GNOME e seus softwares são feios demais. Enfim, fica aí no seu GNOME.

          • Jose X.

            haters gonna hate :)

          • Barboza

            Sério? Não cara, é só uma questão de escolha e controle do que tá no seu sistema. Para quem usa o GNOME é simples ele resolve tudo, mas para quem não usa e quer ter um controle maior das dependências é ruim, ele carrega um monte delas. Fora que os softwares da GNOME ficam bons só no DE GNOME, os design se se alinha bem, nos demais preicsa de um certo trabalho(por exemplo o UBUNTU).

            E outra, serviços similares ao Dropox. O Copy foi o maior Hype na época, dava espaço bem maior que o Dropbox, mas não ficou muito tempo e se ficou ferrou quem usava, pois jogar tudo de um serviço para o outro é uma tarefa chata.

            Enfim…

    • Henderson Bariani

      O Yandex Disk tem cliente oficial para Linux. E 10Gb de espaço gratuito. Tenho usado ele a alguns meses e funciona bem.

      • Ligeiro

        Yandex não é dos Russos? Em Russos, eu não confio… :p

        • Henderson Bariani

          Bem, eu não vejo problema nenhum com os russos…

        • Jose X.

          em quem você não confia mais, nos russos ou na NSA ? :)

    • Jose X.

      existem outros serviços que funcionam nativamente no Linux

      já experimentei Spider Oak e Tresorit sem problemas, além disso eles dão muito mais valor à segurança que o Dropbox…

      atualmente não tenho um processo de backup na nuvem, estou enrolando faz tempo pra resolver isso…

      o Tresorit me pareceu muito legal, mas achei meio caro para as minhas necessidades (bem, pra meu bolso), mas funciona muito bem no Linux, e é muito legal

  • Vinícius Barros

    Eu até já tentei largar o Dropbox, mas simplesmente funciona – e bem. Achei o Google Drive mais bagunçado e o One Drive mais lento no upload. O Dropbox é rápido, simples, ótima interface web e apps, histórico de arquivos (quando usei os outros não lembro do recurso, pode ser que já tenha), integra com muitos serviços, incluindo o Office. iCloud usei brevemente quando tinha iPhone, mas achei meio caro.

    Aí vou ficando…

  • ochateador

    Pelo jeito foi uma boa decisão eu migrar o dropbox + alguns programas que uso 1~2x por mes para uma máquina virtual :P

  • Luandersonn Airton

    Coincidentemente (ou não), achei um processo do Dropbox rodando após ter desinstalado o programa a 3 dias! (sim, já reiniciei várias vezes e ele continua lá). To falando com o suporte deles para saber o porque disso. Mas ainda não cheguei no nível de chapéu de alumínio com o Dropbox, nem me abalar e me fazer mudar de serviço (que aliás, uso secundariamente para informações mais sensíveis)
    https://uploads.disquscdn.com/images/2d18fcac9e369093091496f43154c2cdc6a739ffeb5f8f87025e28890d079f72.png

  • Luandersonn Airton

    Coincidentemente (ou não), achei um processo do Dropbox rodando após ter desinstalado o programa a 3 dias! (sim, já reiniciei várias vezes e ele continua lá). To falando com o suporte deles para saber o porque disso. Mas ainda não cheguei no nível de chapéu de alumínio com o Dropbox, nem me abalar e me fazer mudar de serviço (que aliás, uso secundariamente para informações mais sensíveis)
    https://uploads.disquscdn.com/images/2d18fcac9e369093091496f43154c2cdc6a739ffeb5f8f87025e28890d079f72.png

    • Manoel Guedes

      Sempre utilizo o revo uninstaller portátil para desinstalação, ele “varre” o sistema atras de arquivos e processos…

      • Raphael Ribeiro Silva™

        Ta aí um excelente programa, que infelizmente, não tem tanta atenção /visibilidade.

      • Raphael Ribeiro Silva™

        Ta aí um excelente programa, que infelizmente, não tem tanta atenção /visibilidade.

      • ochateador

        As vezes só entrando em modo segurança ou usando algum SO portable (hirens boot) para desinstalar uns trecos que escapam do revo :(

      • Luandersonn Airton

        Eu não tenho o costume de usar esse tipo de programa (desinstalador), mas é uma boa para muitos casos, mas nunca pensaria o Dropbox deixaria esse tipo de “rastro” no sistema

    • Figor

      Poutz! Temos um novo GBuster

  • Victor Serrão

    Troquei o Dropbox pelo OneDrive porque comprei o Office365 para universitários e ganhei 1Tb lá. E o Dropbox andou cortando meu armazenamento porque uma boa parte eu tinha ganho comprando devices da Samsung e tal.

    O OneDrive é meio lento sim, mas superior em algumas coisas para quem usa W10/Office365. Convivo bem com ele, inclusive no Android.

    Acho uma tremenda mancada e tô com o Ghedin. Se eles fazem isso com o público da Apple, sabe-se lá do que essa ética deturpada é capaz no ambiente Windows e no mobile.

    • ochateador

      Cortou seu armazenamento não.
      Na compra do celular samsung diz: válido por 2 anos ;)

      • Victor Serrão

        Foi o que eu disse.

    • Paulo Nunes

      Cara,a Apple não impõe nada nesse mercado.”Ninguém” se importa o que acontece ou não com o macOS. Já uma coisa dessas no Windows é mais “sensível”,visto que o msm é usado em massa nas empresas.

  • Small

    O título deveria ser: Até logo Dropbox, você feriu minha “ipaixão” por uma marca.

    Este site está virando um “Manual do usuário dos produtos da Apple”

    PS: paixão não tem explicação, ok?

    • Olha, não sei se você acompanha o histórico do Ghedin, mas isso passa longe de como o site funciona.
      Não há que culpar o usuário por dar preferência a algo que funciona melhor em seu software, e, vejamos, que já seja nativo! Muito menos de rotular que é uma “ipaixão”.
      Aceitando ou não, os dispositivos da Apple conversam melhor entre si, usando os serviços e solução próprios. Há que se culpar os demais que não fazem o mesmo (e infleizmente o onedrive do windows é bugadíssimo)

      • Paulo Nunes

        Provavelmente vc nunca usou o iCloud não é msm?É um dos serviços cloud mais meia boca que existe.Saiu uma pesquisa q fizeram da preferência do público em serviços de cloud no MacMagazine nesses dias. Veja lá se puder.

        • Defina “meia boca”. Porque, comigo, está funcionando bem. Não é tão rápido quanto o Dropbox, mas isso não é imprescindível. Regurgitar discursos que você leu em outros sites não vale.

          Ah, e o post do MacMagazine? Legal, mas é um post patrocinado pela Microsoft. Estranho seria se outro que não o OneDrive “ganhasse”.

          • Paulo Nunes

            Meia boca pq nunca funcionou bem aqui,e muuuuita gente reclama(até seu amigo Higa) do iCloud,e isso NÃO é novo. Pelo menos no meu 5S sempre dá confusão. Acabei desistindo e usando o Dropbox. Fora que não tem MSM bom custo beneficio em relação à concorrência. Hje mantenho meus 20GB no DB e 1TB no OD(Office365) Eu simplesmente acho que a Apple não investe como deveria nele(tá, agora fez uma melhoria no macOS com a integração e tal)
            E Acho que não foi esse o post.Pois não foi o OneDrive que ganhou.

          • Eu não estou defendendo o iCloud, você que está presumindo isso. Eu uso o iCloud, o que, até onde estou sabendo, não é crime.

            O post é sobre o Dropbox e por que deixei de usá-lo — e, se você leu ele direitinho, reparou que não é pela qualidade ou qualquer aspecto técnico, que inclusive elogio, mas por uma quebra de confiança. Para mim, ser o melhor não basta.

  • Barboza

    A parte boa é que você usa MacOS, existe alternativas boas e geralmente serviços lanças bons clientes para o sistema. Ruim é quem usa Windows ou distribuições Linux.

    • Paulo Nunes

      Q? Do Linux eu até compreendo,mas não existem alternativas no Windows?
      O raro é quando NÃO tem.Windows não é WP,o Windows domina esse mercado e q tem Mac é que às vezes tem esperar sair alguma coisa.

    • Jose X.

      Existem alternativa boas e nativas para o Linux, como escrevi em outro comentário…já experimentei 2 dessas alternativas, Spider Oak e Tresorit

      • Barboza

        Falo alternativas boas e não essas que depois de 6 meses somem. Mesma coisa Windows, de que adianta ter alternativa, mas todas bugadas e com visual péssimo, funcionalidades ruins e mal acabado?

        • Jose X.

          você já experimentou essas alternativas que sugeri pra você dizer que elas são “bugadas” e vão sumir depois de 6 meses ?

          eu já experimentei tanto Spider Oak quanto Tresorit e não achei “bugadas”, muito pelo contrário, achei muito boas…e isso já faz mais de 6 meses. e elas não sumiram…

          detalhe: cheguei ao Spider Oak e ao Tresorit via Lifehacker, então, vamos dizer assim. eles não são tão ruins assim…

  • Não sei se o SugarSync tem o mesmo problema. Mas sempre preferi o SugarSync ao invés do Dropbox. Acho o recurso de escolher a pasta que quero sincronizar imprescindível.

    • O Dropbox também tem isso, chama sincronização seletiva.

      • Desculpa, não deixei claro o recurso, sincronização seletiva todos tem.
        Me referi ao recurso de poder sincronizar pastas do SugarSync com quaisquer pastas do computador. Nos demais serviços você fica preso a uma pasta raiz.

  • Paulo Nunes

    Pq eu achei esse texto apenas mimimi.
    Vcs não endeusavam tanto o Dropbox?Pq essa “preocupação”?
    Não que eu esteja justificando a escolha deles para métodos de funcionamento.

  • marcelosaragao

    Acho a usabilidade do dropbox incomparável, principalmente em velocidade.

  • Ligeiro

    Regras de vida que aprendi sobre apps gratuitos, pagos e públicos

    0) Por mais que eles digam que exista privacidade, nunca será 100% de privacidade.

    1) É webapp? Sempre vai ter riscos…

    2) Gratuito, freeware e altamente distribuído via propagandas? Para mim é estranho.

    3) Nunca leio “Termos de Uso”, mas sei que sempre vão estar lá:
    – Não sou responsável por qualquer coisa que venha a acontecer
    – Você está sob jurisdição minha. Pelo sim pelo não, o que eu fizer, tu não pode me culpar já que usa meus serviços.
    – Se fez algo contrário ao que defendo (ou usou algo meu sem permissão), caço tua alma e meto advogado até tu vender alma ao Mefistófeles. (Chirin-Chirion :p)
    – Sei que tu não vai ler mesmo, então qualquer regrinha aqui… bem.. vai ser contra tu e a favor de mim. :p

    4) O melhor jeito de guardar dados é só você que vai achar. On ou off line, backups de diversos tipos e jeitos… cabe a si mesmo a responsabilidade de ter um backup seguro e sem riscos.

  • Achei uma tempestade em copo d’água. Se um app pede root, fica implícito que ele pode fazer qualquer coisa, inclusive ativar a acessibilidade no OS X. Além disso, dropbox está longe de ser o único que roda um helper privilegiado, Google, Adobe e outros também instalam processos que rodam como root o tempo todo.

    Eu inclusive prefiro a estratégia do dropbox. Steam e Origin quando são instalados pedem acesso root e depois pedem para ativar o recurso de acessibilidade manualmente, totalmente un-“just works”.

    Na minha opinião não tem nada sendo burlado aqui.

    Você pode argumentar que o OneDrive faz o mesmo serviço que o DropBox mesmo vivendo dentro de uma sandbox, mas sabemos que o Dropbox é mais estável e confiável.

    • “Se um app pede root, fica implícito que ele pode fazer qualquer coisa, inclusive ativar a acessibilidade no OS X.”

      Não. Justamente por ser um recurso poderoso e delicado, a Apple exige que apps que precisem da acessibilidade avisem o usuário, como o Steam e o Origin fazem. Não ter essa caixa de diálogo só piora a atitude do Dropbox.

      • Existe alguma documentação dizendo isso?
        Para mim, o recurso “poderoso e delicado” é o root, o recurso de acessibilidade permite controlar a tela de modo visível, já um processo rodando como root em background pode facilmente extrair informações de qualquer lugar da máquina sem levantar suspeitas.

  • Adriano Garcez

    O único jeito de garantir que essas empresas não tenham acesso aos seus dados é encriptá-los. Não fazendo mal uso dos meus dados, nem ligo muito pela questão da falta de privacidade. Privacidade é um luxo nos dias de hoje. Lógico, falo dos algoritmos, não de algum estagiário indiano fuçando meus dados.

    Por sinal, li há pouco sobre como é feita a publicidade pela rede Target no livro Poder do Hábito e tenho de admitir que me deu calafrios. Uma coisa é ter meus dados capturados enquanto navego no site, outra coisa é cruzar informações de ‘n’ fontes.

  • Dei uma rápida lida nos comentários e o pessoal não entendeu muito bem o cerne da questão

    Se o aplicativo tem a permissão para funcionar como root ou seja administrador máximo de um sistema ele pode executar qualquer ação.

    Vamos colocar que realmente o Dropbox não use isso para o mal, mas caso o aplicativo deles tenha alguma falha que permita alguém tomar o controle ele vai estar como root. Ou seja nesse ponto quem estiver fazendo uso de algo assim vai ter acesso a tudo sem qualquer restrição, vai poder de copiar arquivos a causar um grande dano.

    Eu entendo a preocupação do Ghedin e ela é válida.

    Não passando a mão na cabeça do Dropbox, mas talvez se tenha aí uma falha de arquitetura no sistema do MAC quanto a interação entre aplicativos.

  • Jose X.

    conheci o Dropbox bem no comecinho, era super-fã, tinha uma conta paga, mas depois que eles colocaram a criminosa de guerra Condoleeza Rice no conselho cancelei…ainda uso de vez em quando como quebra-galho, assim como o GDrive, mas o Dropbox se tornou “evil” :)